Facebook Twitter Gplus YouTube RSS
formats

Alphonsus de Guimaraens

amopoesia.com.br

Alphonsus de Guimaraens – Poema Selecionado

Ismália

Quando Ismália enlouqueceu,
Pôs-se na torre a sonhar…
Viu uma lua no céu,
Viu outra lua no mar.

No sonho em que se perdeu,
Banhou-se toda em luar…
Queria subir ao céu,
Queria descer ao mar…

E, no desvario seu,
Na torre pôs-se a cantar…
Estava perto do céu,
Estava longe do mar…

E como um anjo pendeu
As asas para voar…
Queria a lua do céu,
Queria a lua do mar…

As asas que Deus lhe deu
Ruflaram de par em par…
Sua alma subiu ao céu,
Seu corpo desceu ao mar…

(Alphonsus de Guimaraens)

Alphonsus de Guimaraens

Saiba mais sobre a vida e a obra de Alphonsus de Guimaraens na Wikipedia

Leia mais poemas de grandes poetas

amopoesia.com.br

Fabio Rocha

facebooktwittergoogle pluslinkedin

Um apaixonado pela poesia. (saiba +)


4 Respostas

  1. Thamyres Teles

    Gostei muito desse poema, parabens á vc é um poema mito lindo!

  2. Também adoro esse peoma. Sempre achei que Ismália pudesse ser eu! Beijo

  3. Fabio Rocha

    Também adoro Ismália desde minhas aulas de Literatura do 2o grau, antes mesmo de me ver poeta… Abração

  4. OleSchmitt

    Gosto muitíssimo desse poema, desde que eu era pré-aborrescente. Ótima escolha.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>