o que se perde (com vídeo)

o que se perde

começar um poema pelo fim
sim pelo não

pele, mão transformada em pó
de dia de noite de tempo de
lento falecer que não falece

face leve de prece

cair em todas as armadilhas
conscientemente
mentir certezas

pizza que não houve

calabresa

predador preso
pela presa

(Publicado originalmente em 15 de maio de 2012. Republicado em 31 de maio de 2012, quando viramos música graças a Silvio Vinhal…)


Gostou deste site? Ajude a mantê-lo no ar: Contribua.

Leia também:

Não perca nenhum post deste blog recebendo por e-mail:
Cadastre-se aqui gratuitamente.

Também divulgamos poemas sem erros nas redes sociais, junte-se a outros amantes da poesia:
Facebook | Twitter | Google+ | |

Fabio Rocha

facebooktwittergoogle pluslinkedin

Poeta nascido no Rio de Janeiro em 1976. Considerado um dos poetas brasileiros mais representativos da década de 2000, é autor de vários livros publicados gratuitamente em seu blog, cujos melhores poemas foram reunidos em Corte (Ibis Libris, 2004) e rio raso (Patuá, 2014). Mantém o bem sucedido site “A Magia da Poesia”, onde divulga a obra de grandes poetas. Seus poemas já foram selecionados para livros escolares, traduzidos para o russo, publicados em diversas revistas literárias, bem como na antologia Roteiro da Poesia Brasileira (Global, 2009). (saiba +)


6 Respostas

  1. Willy Andreazzi

    Bravo Bravo !!! ao poeta e ao cantor

  2. Ótimo, Fábio.Continua sempre.Adoro a magia da poesia.Abraços.

  3. (@fabiorochapoeta) (@fabiorochapoeta)

    RT @s_leda: o que se perde http://t.co/370lrCwu via @fabiorochapoeta

  4. (@s_leda) (@s_leda)

    o que se perde http://t.co/370lrCwu via @fabiorochapoeta

  5. (@fabiorochapoeta) (@fabiorochapoeta)

    o que se perde: começar um poema pelo fim sim pelo não … pele, mão transformada em pó de dia… http://t.co/cz7jaUku

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>