Facebook Twitter Gplus YouTube RSS
formats

Percalços da Posteridade – Quintana

Cursos Online na área de Ciências Humanas e Sociais

Percalços da Posteridade

O mais irritante em nos transformarem um dia em estátuas é que a gente não pode coçar-se.

Mario Quintana )
(Poema do livro “Da preguiça como método de trabalho”, retirado por mim mesmo, do livro Poesia Completa – Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 2005, p. 687)

estatua-mario-quintana

Estátua de Drummond e Quintana na Praça da Alfândega em Porto Alegre, RS.

Leia mais Mario Quintana

amopoesia.com.br

Fabio Rocha

facebooktwittergoogle pluslinkedin

Um apaixonado pela poesia. (saiba +)


Uma resposta

  1. Percalços da Posteridade – Quintana (sem erros) http://t.co/a0NQZOiX via @fabiorochapoeta

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>