Poema sobre felicidade, de Pablo Neruda (Ode ao dia Feliz)

Poema sobre felicidade, de Pablo Neruda (Ode ao dia Feliz)

ODE AO DIA FELIZ

DESTA vez deixa-me
ser feliz,
nada aconteceu a ninguém,
não estou em parte alguma,
acontece somente
que sou feliz
pelos quatro lados
do coração, andando,
dormindo ou escrevendo.
O que vou fazer, sou
feliz.
Sou mais inumerável
que o pasto
nas pradarias,
sinto a pele como uma árvore rugosa
e a água abaixo,
os pássaros acima,
o mar como um anel
em minha cintura,
feita de pão e pedra, a terra
o ar canta como um violão.

Tu ao meu lado na areia,
és areia,
tu cantas e és canto,
o mundo
é hoje minha alma,
canto e areia,
o mundo
é hoje tua boca,
deixa-me
em tua boca e na areia
ser feliz,
ser feliz porque sim, porque respiro
e porque tu respiras,
ser feliz porque toco
teu joelho
e é como se tocasse
a pele azul do céu
e seu frescor.

Hoje deixa-me
a mim só
ser feliz,
com todos ou sem todos,
ser feliz
com o pasto
e a areia,
ser feliz
com o ar e a terra,
ser feliz,
contigo, com tua boca,
ser feliz.

Pablo Neruda )
Poema “Oda al día feliz” de Pablo Neruda, escrito em Isla Negra. Publicado em “Odas elementales”, em 1954. Tradução livre de Fabio Rocha.

*

ODA AL DÍA FELIZ (original)

ESTA vez dejadme
ser feliz,
nada ha pasado a nadie,
no estoy en parte alguna,
sucede solamente
que soy feliz
por los cuatro costados
del corazón, andando,
durmiendo o escribiendo.
Qué voy a hacerle, soy
feliz.
Soy más innumerable
que el pasto
en las praderas,
siento la piel como un árbol rugoso
y el agua abajo,
los pájaros arriba,
el mar como un anillo
en mi cintura,
hecha de pan y piedra la tierra
el aire canta como una guitarra.

Tú a mi lado en la arena
eres arena,
tú cantas y eres canto,
el mundo
es hoy mi alma,
canto y arena,
el mundo
es hoy tu boca,
dejadme
en tu boca y en la arena
ser feliz,
ser feliz porque si, porque respiro
y porque tú respiras,
ser feliz porque toco
tu rodilla
y es como si tocara
la piel azul del cielo
y su frescura.

Hoy dejadme
a mí solo
ser feliz,
con todos o sin todos,
ser feliz
con el pasto
y la arena,
ser feliz
con el aire y la tierra,
ser feliz,
contigo, con tu boca,
ser feliz.

Pablo Neruda )

felicidade

Leia mais Pablo Neruda

Conheça Também:
Fundação Pablo Neruda
Pablo Neruda – Wikipedia 


Gostou deste site? Ajude a mantê-lo no ar: Contribua.

Leia também:

Não perca nenhum post deste blog recebendo por e-mail:
Cadastre-se aqui gratuitamente.

Também divulgamos poemas sem erros nas redes sociais, junte-se a outros amantes da poesia:
Facebook | Twitter | Google+ | |

Fabio Rocha

facebooktwittergoogle pluslinkedin

Poeta nascido no Rio de Janeiro em 1976. Considerado um dos poetas brasileiros mais representativos da década de 2000, é autor de vários livros publicados gratuitamente em seu blog, cujos melhores poemas foram reunidos em Corte (Ibis Libris, 2004) e rio raso (Patuá, 2014). Mantém o bem sucedido site “A Magia da Poesia”, onde divulga a obra de grandes poetas. Seus poemas já foram selecionados para livros escolares, traduzidos para o russo, publicados em diversas revistas literárias, bem como na antologia Roteiro da Poesia Brasileira (Global, 2009). (saiba +)


12 Respostas

  1. Parece simples…. Mas é bem bonito e natural!

  2. Adorei o poema Fabio Rocha! E VIVA A POESIA!!! Abraço de Portugal :)

  3. Welse Assis

    Ser feliz, é uma sintonia que se torna a mais sinfonia de amor e realização, que tanto bem nos faz ao coração!

  4. "Acontece somente que estou feliz." Bom mesmo é esse estado pleno de felicidade. Pode até durar pouco, mas faz um bem!!!

  5. mariza garcia de melo

    Em tempos de tantas felicidades, eu hoje me vejo em um mundo sem fronteiras.

  6. Ohana

    Esse trecho é do poema ‘ode ao dia feliz’.

  7. É tão forte e sincero que chego até a fazer uma alta reflexão do AMOR.

  8. Mercia Regina

    Ser poeta é ouvir a voz da emoção que se transforma em inspiraçao….

  9. se a felicidade é um estado de espirito pode-se ser feliz em todos os momentos que buscamos o entendimento nas pequenas coisas, a flor que desabrocha, o colibri que, tão suave e tão ligeiro, vem para dizer que ser feliz é comtemplar a vida em momentos únicos. A beleza existe para você sentir. Basta ser sensível à simplicidade.

  10. Tão simples e tão profundo!!! Isso chama-se talento!!!!

  11. lindinalva lucena gomes

    É de uma sensibilidade profunda,existe momentos em que voce necessita de ser feliz,haja companhia ou não,pois num universo em movimento,nunca estaremos totalmente sós!
    Deus sempre estará conosco,e o átomo daquilo que se forma a sua volta,naquele momento,o nascer um uma flor,a brisa que passa sorrateira,roubando-lhe um beijo sem roçar o seu rosto,até um olhar sedento de desejo,que provoca arrepios indevidos. a isso chamamos amor!

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>